Conheça mais o Galaxy Fold, smartphone dobrável da Samsung

As grandes empresas de tecnologia iniciaram recentemente uma espécie de corrida armamentista para ver quem lançaria primeiro um smartphone dobrável. Quem parece ter ganhado a corrida é a Samsung, com o vindouro Galaxy Fold.

O aparelho da empresa sul-coreana apresenta dois modos de uso, uma tela OLED de 7,3 polegadas e muitas promessas para o futuro da indústria.

Mas como tudo isso vai funcionar? Vamos conferir todas as informações disponíveis no momento sobre o Galaxy Fold. Vem com a gente!

O que é o Galaxy Fold, o novo aparelho da Samsung?

O grande diferencial do Galaxy Fold é, como já dito, o fato dele ser um smartphone dobrável da Samsung. O aparelho conta com dobradiças no meio, permitindo o uso como se fosse um caderno: você pode fechá-lo e usá-lo no modo smartphone ou deixá-lo aberto e utilizá-lo no modo tablet.

Quando o Galaxy Fold está aberto, você usa a tela dobrável OLED de 7,3 polegadas do aparelho. Já quando ele está fechado, você usa uma tela bem menor, de 4,6 polegadas.

Originalmente, o Galaxy Fold chegaria às lojas no fim de abril de 2019, mas a Samsung adiou o lançamento depois que jornalistas especializados notaram problemas com a tela do aparelho (falaremos mais sobre isso a seguir).

Qual a ficha técnica e as vantagens do Galaxy Fold?

Ser um smartphone dobrável é algo interessante e inovador, com certeza. Mas o Galaxy Fold é só isso ou ele tem algum poder por trás?

O processador do Galaxy Fold é um octa-core Snapdragon 855 feito pela Qualcomm, alimentado por 12 gigas de Memória RAM e auxiliado por uma GPU Adreno 640.

Sua capacidade de armazenamento pode ser um problema: “apenas” 512 GB, sem possibilidade de expansão com um cartão de memória.

A tela principal do Galaxy Fold, chamada de Infinity Flex, tem 7,3 polegadas e resolução QXGA+ (1536 x 2152 pixels). Já o display secundário tem 4,6 polegadas e resolução HD+.

Um dos destaques do Galaxy Fold é o seu conjunto de câmeras com SEIS sensores. A câmera principal tem três sensores (um de 12 MP, com f/1.5 até 2.4, outra com 12 MP, com f/2.4 e zoom ótico, e um sensor final com 16 MP, f/2.2). Esse conjunto filma em 2160p e até 60 frames por segundo, com HDR e Flash LED.

Já a câmera frontal é um pouco menos potente, com três sensores: 10 MP (f/2.2), 8 MP (f/1.9) e 10 MP (f/2.2).

Que cuidados são necessários com esse celular?

Como dissemos, originalmente o Galaxy Fold chegaria às lojas em 26 de abril. Alguns problemas com as unidades enviadas para avaliação, porém, fizeram com que a Samsung adiasse o lançamento por tempo indeterminado.

O que aconteceu foi o seguinte: os aparelhos-teste de vários jornalistas começaram a apresentar problemas variados na tela dobrável depois de um ou dois dias de uso.

Uma análise completa da equipe do site iFixIt, que desmontou o aparelho completamente, mostrou uma certa fragilidade nas telas dobráveis do Galaxy Fold. Segundo eles, a própria construção do aparelho cria um espaço flexível entre os dois painéis OLED, o que permite a entrada de poeira e de outros pequenos objetos. Por causa disso e da pressão exercida ao dobrar o aparelho, essa poeira pode danificar a tela.

Ainda faltam mais informações da Samsung para saber que tipo de cuidado teremos de ter com o Galaxy Fold, mas já dá para dizer com segurança que vamos precisar abrir as telas com cuidado.

Outro cuidado obrigatório será manter a película protetiva que vem colada na tela do aparelho. Alguns jornalistas acharam que deveriam remover esse material e os problemas foram piores por causa disso.

Para completar, considerando que é um celular frágil, é recomendado que você tenha uma assistência técnica especializada e de confiança para poder atuar caso seu aparelho apresente algum problema.

Por isso, se você quer ter um Galaxy Fold no futuro (ou já comprou o seu!), que tal entrar em contato conosco e saber como a nossa assistência técnica poderá ajudá-lo?

Atenção! Não recomendamos o manuseio do smartphone caso você não tenha experiência. As peças internas são sensíveis e podem ser danificadas no processo, levando a novos problemas. Vale lembrar que o rompimento do lacre, independentemente do tempo, anula a garantia do aparelho. Na dúvida, procure ajuda especializada!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir bate-papo
1
Escanear o código
Olá! Obrigado por entrar em contato com a MECA FIX!
Como podemos ajudar?