O que leva um HD a apresentar problemas? Saiba os cuidados necessários e curiosidades sobre o disco rígido.

problemas no HD

O HD é um componente essencial nos computadores, mas muitos não sabem ao certo como ele funciona e têm dúvidas em relação às suas capacidades

 

O HD ou disco rígido, seja ele interno ou externo, é considerado uma das partes mais importantes de um computador. Isso porque é nele que ficam armazenados todos os documentos, fotos e arquivos gerais salvos pelo usuário. Sendo assim, é importante garantir a integridade dessa peça para evitar dores de cabeça. 

 

Embora o HD seja um componente essencial, muitas pessoas não sabem ao certo como ele funciona e têm algumas dúvidas comuns em relação às suas capacidades. Além disso, os problemas que essa peça pode apresentar — e os cuidados que ajudam a evitar danificações ou até perda total — são desconhecidos.

 

A seguir, você irá conferir mais detalhes sobre o HD, seu funcionamento, possíveis erros de uso e como evitá-los!

 

O que é o HD?

 

O disco rígido, popularmente conhecido como HD (Hard Disk), é um dispositivo capaz de armazenar dados utilizado em computadores — PCs e laptops. Nele fica armazenado qualquer tipo de informação, nisso se incluem arquivos de uso pessoal e também informações usadas pelo sistema operacional da máquina.

 

As informações contidas no HD não são perdidas quando o computador é desligado, visto que se trata de uma memória não-volátil. Acredita-se que o primeiro HD, IBM 305, tenha surgido no ano de 1956. Esse dispositivo tinha capacidade de armazenamento de 5 MB de dados e dimensões enormes, se compararmos com as atuais: 14 x 8 polegadas.

 

Com o passar do tempo, a capacidade de armazenamento foi aumentando e as dimensões encolheram. Atualmente temos opções de HDs com até 14 TB, isto é, nada menos que 14.000.000 MB de armazenamento.

 

Por que o HD não apresenta o mesmo tamanho de armazenamento que é divulgado?
 

Quando falamos do armazenamento de um HD, há quem se pergunte: fui enganado? Isso porque o dispositivo não apresenta o mesmo tamanho que é divulgado pelas marcas e lojas. 

 

Por exemplo, se você adquirir um HD externo — ou mesmo um desktop ou laptop com um disco rígido acoplado — com capacidade de 1 TB, a quantidade real de armazenamento considerada pelo sistema vai ser de, aproximadamente, 931,32 GB. Por que isso acontece?

 

Há várias explicações para tal situação, e é por isso mesmo que o armazenamento pode variar de HD para HD, mesmo que eles teoricamente apresentem a mesma capacidade. Uma delas é que muitos discos  externos vêm com software pré-instalado pelo fabricante, como programas de back-up. 

 

O principal motivo para essa diferença, porém, é o fato de que computadores são baseados no sistema binário. Isso significa que a capacidade do disco é contada usando base 2, e não a base 10 — que é a que você vê na caixa. Então, enquanto medimos um kilobyte como 1.000 bytes, o Windows entende que essa medida é formada, na verdade, por 1.024 bytes. 

 

Da mesma maneira, um megabyte é formado por 1.024 kilobytes, um gigabyte é formado por 1.024 megabytes, e assim por diante. Isso significa que a quantidade verdadeira de espaço no disco vai ser menor que a divulgada. Quanto maior for o disco, maior será essa diferença. 

 

Como o HD funciona?

 

Um HD é formado pelo braço, eixo, disco (também chamado de prato), cabeça de leitura e gravação e atuador. Seu funcionamento basicamente se dá através da movimentação desses itens descritos.

 

Os discos de um HD são onde os arquivos são armazenados. Eles ficam posicionados sob o eixo, que é responsável por fazê-los girar. A cabeça de leitura e gravação contém uma bobina que usa impulsos magnéticos para que as moléculas possam se movimentar sobre o disco e assim gravar os dados. O atuador é responsável por mover o braço acima da superfície dos pratos e permitir que as cabeças façam o seu trabalho. 

 

Quais problemas o HD apresenta e como evitá-los?

 

No geral, os problemas mais comuns que podem danificar um HD fixado em um computador estão ligados a falhas de software e de energia. Essas “queimas acidentais” podem ser resolvidas com a compra de fontes seguras e confiáveis e também de um bom estabilizador, o que garante que o seu PC não sofrerá com picos de energia.

 

Já no que diz respeito ao software, é importante manter um antivírus atualizado, como o Avast e o AVG, para garantir que nenhum problema afete os arquivos do seu HD. Além disso, é importante prestar atenção onde navega e somente fazer o download de arquivos de fontes seguras para o seu computador.

 

Se o seu HD está acoplado a um computador convencional, as chances de ele apresentar problemas são muito baixas. No geral, não há nada em uma plataforma fixa que possa destruir os componentes do disco rígido, exceto sujeira e mofo. Portanto, a recomendação é sempre deixar a torre do computador em um lugar bem ventilado e livre de umidade. 

 

No caso dos laptops, os cuidados devem ser redobrados. É interessante adquirir um cooler externo para apoiar o notebook e ventilar os componentes, mas sobretudo é necessário prestar atenção no local de repouso do dispositivo e evitar sua movimentação. Basta uma batida mais forte do equipamento e você poderá comprometer toda a sua informação armazenada. 

 

Há alguns outros erros de uso que podem comprometer a utilidade do seu HD interno ou externo, tais como: quedas no chão, fragilidade dos componentes — como sempre, investir em boa marca garantirá segurança para os seus arquivos —, colocar o computador em modo de repouso constantemente, ligar e desligar com frequência, fazer muitas formatações, dentre outros. Todas essas ações podem danificar o funcionamento do seu HD e forçar a vida útil das peças presentes nele.

Você já conhecia essas curiosidades sobre o Hard Disk? O que mais você gostaria de saber sobre o disco rígido? Conte para a gente nos comentários!

 

NOS SIGA TAMBÉM NO INSTAGRAM E FACEBOOK!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×

Fale com a MECA pelo WhatsApp!

× Como podemos te ajudar?