Veja como prolongar a duração da bateria do seu celular e quais modelos têm melhor autonomia

À medida que a sociedade se torna mais dependente dos celulares e enfrentamos a falta de componentes, uma boa vida útil de bateria é primordial



O smartphone já se tornou um item essencial para muitas pessoas no dia a dia, especialmente após a pandemia de coronavírus, que impulsionou o uso de aparelhos eletrônicos para trabalho, estudo e entretenimento. À medida que a sociedade se torna mais dependente dos celulares e enfrentamos a falta de componentes, uma boa vida útil de bateria é primordial. 

 

O ponto é que, todos os celulares, e muitos dos aparelhos eletrônicos e veículos elétricos atuais, são alimentados por baterias recarregáveis de íon de lítio. A tecnologia nesse segmento não mudou nas últimas décadas, o que dificulta a missão de criar baterias que duram mais. 

 

Já existem inúmeras dicas sobre como reduzir o consumo energético do celular e prolongar o tempo de uso, fazendo com que a bateria necessite de menos recargas e demore a queimar de vez. Há quem diga que carregar o celular apenas uma vez por dia é prejudicial, assim como manter o aparelho ligado na tomada depois de atingir 100% ou utilizar cabos não originais. 

 

Muito embora algumas sugestões pareçam contraproducentes, especialistas garantem que há formas simples de aumentar a vida útil da bateria do smartphone. Confira a seguir as principais recomendações e os modelos com as melhores baterias.

 

 

Modo de economia de energia

 

Celulares atuais de diversas marcas trazem modos de economia de energia configurados pelo fabricante. A ideia é diminuir a velocidade do processador, bloquear comunicações em segundo plano e até reduzir a resolução da tela como formas de poupar energia. Essa é uma das maneiras mais fáceis e rápidas de economizar bateria.

 

Nada de bateria em 0%

 

Deixar a bateria descarregar completamente pode causar reações químicas que, com o tempo, reduzem a vida útil da bateria. Para ajudar a manter a saúde da bateria, é recomendado carregar o telefone quando o nível chegar em torno de 30%.

 

Impeça atividade em segundo plano

 

Apps que utilizam recursos da Internet podem realizar atividades em segundo plano, como novas interações nas redes, e-mails, mensagens, etc. Essa operação consome bateria e pode representar um consumo elevado, caso o celular esteja com muitos apps nessa situação.

Versões mais recentes do Android oferecem uma interface de controle de bateria bastante eficiente, capaz até mesmo de isolar quais apps gastam mais bateria. Para evitar o consumo excessivo de energia, o usuário pode impedir que apps executem ações quando não estão em uso. Basta acessar as configurações de aplicativos do seu celular e desligar a função nos apps desejados.

 

Altas temperaturas podem danificar a bateria

 

O calor é um grande inimigo da bateria. Mantenha o celular longe do sol forte, pois uma bateria superaquecida pode ter sérias complicações e até explodir. Temperaturas de 86 graus já podem diminuir a eficácia da bateria.

 

 

Não carregue até 100%

 

Não, você não precisa carregar seu celular até 100%. Na verdade, isso não é desejável: carregar totalmente causa uma alta tensão que estressa a bateria, desgastando-a a longo prazo. Quando se carrega uma bateria, a voltagem aumenta, colocando-a sob estresse, especialmente durante os últimos 20% de carga. 

 

Isso pode parecer contra-intuitivo se você está tentando manter o seu smartphone carregado durante todo o dia, mas o ideal é que você pare o carregamento em torno dos 80-90% para prolongar a vida útil do celular. 

 

Ative o modo escuro

 

Esta dica deve ser considerada por quem possui celular com tela OLED. O uso de apps e recursos de sistema com interface escura diminui o consumo da tela, o que tem efeito positivo na duração da bateria. O recurso já está presente nos sistemas operacionais iOS e Android há anos.

 

Reduza o brilho da tela

 

Reduzir a intensidade do brilho pode ser interessante para economizar bateria. Caso o celular tenha sensores de iluminação que calibram o brilho automaticamente, pode ser necessário desativar o recurso. A dica pode ser útil para os smartphones com tela OLED e também para telefones com outras tecnologias presentes no display.

 

Evite baterias não originais

 

Todas as baterias e carregadores de celulares passam por testes e têm selo de homologação da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Os produtos sem essa certificação podem danificar o aparelho. Portanto, evite adquirir dispositivos e componentes que não possuem essa garantia.

 

Modo avião e redes

 

Outra medida que pode representar uma grande economia de energia é o uso do modo avião. No entanto, vale lembrar que a função torna o celular incomunicável com qualquer rede. 

 

Além disso, o usuário pode criar hábitos mais racionais de uso de recursos como Bluetooth, redes de dados e GPS: em vez de deixar essas redes ativas o tempo todo, pode ser válido ligar cada uma delas apenas quando usá-las, já que 4G, Bluetooth e GPS são recursos que consomem energia quando estão ativados.

 

 

Melhores baterias

 

Os especialistas do TudoCelular realizaram testes rigorosos com os principais celulares disponíveis no Brasil pelos últimos seis anos e revelaram quais dispositivos têm bom desempenho de bateria. 

 

Na lista dos modelos com maior tempo de uso, temos três marcas no pódio: a chinesa realme, a popular sul-coreana Samsung e a multinacional estadunidense Motorola. Veja quais são esses celulares abaixo, e aproveite para dizer nos comentários como é a experiência diária com a bateria do seu smartphone!

 

  1. Realme C25
  2. Samsung Galaxy M62
  3. Motorola Moto G10 Power

 

NOS SIGA TAMBÉM NO INSTAGRAM E FACEBOOK!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×

Fale com a MECA pelo WhatsApp!

× Como podemos te ajudar?