PS4 vs PS5: confira as principais diferenças entre as gerações PlayStation

ps5

Melhorias entre as gerações justifica um upgrade? Confira algumas das principais diferenças entre as fichas técnicas do PlayStation 4 e PlayStation 5

Após meses de espera, os fãs tiveram detalhes do novo lançamento da Sony revelados. Com lançamento previsto para o final de 2020, o PlayStation 5 promete especificações poderosas e melhorias consideráveis em relação ao seu antecessor.

Com a chegada de uma nova geração, os donos do PlayStation 4 começam a pensar se vale o upgrade para o novo modelo e quais as diferenças entre os consoles. Afinal, o que o PS5 traz de melhorias? Quais as principais diferenças em comparação ao PS4? 

Além das diferenças visíveis quando falamos da aparência e design dos aparelhos, as especificações de hardware prometem alto poder de fogo. Confira algumas das principais diferenças entre as fichas técnicas das gerações PlayStation:

 

Design 

Lançado em 2013, o PS4 traz em si um visual e design que se tornou característico do marca PlayStation com linhas minimalistas. No início de junho, a Sony apresentou o visual de sua nova geração que, diferente do seu irmão mais velho, o PlayStation 5 traz design pouco convencional com superfície na cor branca com detalhes em preto. Seguindo o visual já anunciado para o seu controle, o DualSense, o PS5 não deve ter outras opçõe de cores além do modelo dual tone branco e preto. 

 

Armazenamento interno

Talvez uma das principais diferenças entre os controles se encontre no quesito memória. Um grande salto em relação ao seu antecessor foi a troca do tradicional HD por unidade Solid State Drive, o tão falado SSD. Com a mudança, os 500GB ou 1TB de HD do PS4 dão lugar a 825GB de SSD no armazenamento interno do lançamento Sony, que promete ser até 100 vezes mais rápido que o HD.

O upgrade para o SSD torna possível iniciar recursos e telas com muito mais agilidade, carregamento dos jogos de maneira rápida e fluida, evitando travamentos. A unidade Solid State Drive do PS5 promete resultados poderosos, podendo atingir velocidades muito altas de troca de dados 5,5 GB/s em dados brutos ou entre 8 e 9 GB/s de dados comprimidos.

 

CPU e GPU

Em termos de desempenho, o PS5 ultrapassa e muito seu antecessor. Com um processador AMD como arquitetura Zen 2 e CPU de oito núcleos capaz de atingir até 3,5GHz, a nova geração sai na frente em comparação ao Jaguar do PS4, que atinge 1,6GHz. 

Quando falamos de poder de processamento gráfico, também podemos observar um grande salto entre as gerações de consoles Sony. Com 10,3 teraflops de processamento, 36 unidades computacionais e 2.23GHz, o PlayStation 5 indica uma maior capacidade de poder visual que os 1,8 teraflops e 18 unidades de computação da placa da antiga geração PlayStation. O maior poder gráfico permite, por exemplo, que o novo lançamento rode jogos a 4k nativamente, feito não alcançado pelas especificações do PS4. 

Graças a suas especificações poderosas de GPU, o PS5 traz novidades que prometem incrementar bastante a noção realista de sombras e iluminação no jogo. Com a tecnologia Ray Tracing, é possível criar iluminação mais convincente, com sombras e reflexos mais realistas. 

 

Memória RAM

Com 8 GB de memória RAM no padrão GDDR5, o PS4 se destacou entre os concorrentes pela sua memória rápida, na época do seu lançamento. Na próxima geração, o salto promete ser ainda maior. 

Responsável pela manutenção de dados responsáveis pela formação do visual do jogo,  a memória RAM torna texturas e modelos rapidamente acessíveis. No PS5, os 16GB no padrão GDDR6 representa uma evolução em relação ao seu antecessor.

 

Áudio

Quando falamos de jogabilidade, um quesito importante é a capacidade de trazer o jogador para vivenciar o jogo, realmente ter uma experiência de imersão. Para além do carregamento rápido de gráficos e telas, o áudio possui uma importante função na experiência de jogatina. No PS5, houve um cuidado com o sistema de áudio que o diferencia da geração anterior. A tecnologia “Tempest” 3D AudioTech é um sistema de som tridimensional, permitindo que os jogadores consigam ouvir os sons ao seu redor.

 

Blog M.E.C.A

Gostou do conteúdo? Continue acompanhando o Blog M.E.C.A para ficar por dentro das novidades do mundo da tecnologia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir bate-papo
1
Escanear o código
Olá! Obrigado por entrar em contato com a MECA FIX!
Como podemos ajudar?