Notícias

Como carregar o celular mais rápido? Conheça o cabo USB 3.2×2

Em 2017, a Intel anunciou que abriria mão dos royalties do seu padrão Thunderbolt (mais usado nos iPhones). Com isso, a tecnologia caiu nas mãos de concorrentes, que desenvolveram novos cabos USB a partir desse padrão. E essa é uma ótima notícia para quem quer descobrir como carregar o celular mais rápido.

Com os novos cabos, que serão lançados em 2019 e 2020 (especificamente o USB 3.2 Gen 2×2 e o USB 4.0), a transmissão de informações e energia será muito mais rápida, diminuindo o tempo gasto para encher a carga da sua bateria.

Mas você não precisa esperar o lançamento dos dois cabos para carregar seu celular mais rapidamente. Pode começar agora mesmo! Confira algumas dicas para isso.

Carregue o seu celular quando ele estiver desligado ou sem uso

A primeira dica para carregar o celular mais rápido é simplesmente não o usar durante o processo de recarga. Na verdade, o ideal é que o aparelho esteja desligado enquanto ele está conectado na rede elétrica.

A razão por trás disso é bem simples: se você está usando o celular, está consumindo energia ao mesmo tempo em que o carregador enche a bateria. Mesmo que não esteja jogando, o gasto energético já é alto só por causa da tela do aparelho.

Feche aplicativos que rodam em segundo plano e ative o modo avião

Mas e se você não puder deixar o celular desligado enquanto o carrega? Tem como carregá-lo rapidamente? Sim!

Uma das maneiras de poupar o gasto energético, mesmo com o aparelho ligado, é fechando todos os aplicativos que rodam em segundo plano e ativando o modo avião.

Assim, você poupa energia, já que o celular não precisará rodar nenhum processo em segundo plano e nem se comunicar com a internet, evitando atualizações automáticas de aplicativos.

Use um carregador de tablet para tentar carregar o aparelho mais rapidamente

Um truque pouco conhecido e especialmente útil com celulares mais antigos é usar um carregador de tablet em vez do original do aparelho.

O truque funciona porque os carregadores de tablets, no geral, oferecem 2 ampères de energia, enquanto os de smartphone lidam com uma carga menor. Por causa disso, eles conseguem carregar a bateria mais rapidamente.

Opte por carregadores e fontes originais ao carregar o seu celular

A gente sabe como é fácil encontrar carregadores e fontes no mercado paralelo no Brasil. Esses aparelhos não-oficiais estão por toda parte, com preços acessíveis, se tornando alternativas interessantes quando os acessórios originais param de funcionar.

Dito isso, não recomendamos o uso de carregadores piratas para o seu celular por dois motivos. O primeiro deles é a segurança: um levantamento reprovou 99% dos carregadores piratas do mercado, alegando que eles ofereciam riscos aos usuários.

A segunda razão é que, normalmente, carregadores piratas entregam menos carga que os originais. Por causa disso, o processo de carga é muito mais lento.

Use o cabo USB 3.2 Gen 2×2 para carregar o celular mais rápido

Caso você precise comprar um novo carregador para o seu celular, tente adquirir um que use o novíssimo Cabo USB 3.2 Gen2x2. Esse novo modelo é especial, pois tem duas vias de transmissão de informação e energia dentro dele. Aliás, é por isso que ele tem esse nome confuso: trata-se de um cabo USB 3.2 da Geração 2 com duas faixas de transmissão.

Outros cabos USB 3.0 entregam correntes elétricas de 150 miliampère (os de baixa voltagem) ou de 900 miliampère (os de alta voltagem). Já os cabos USB 3.2 Geração 2×2 conseguem transmitir mais energia por terem duas vias. Eles entregarão 1.5 ampère (o equivalente a 1.500 miliampère) quando forem lançados.

Agora que você sabe como carregar o celular mais rápido, pode perder menos tempo esperando seu smartphone carregar e se dedicar a atividades mais divertidas, como jogar no seu video-game.

Por falar nisso, você já decidiu se vai comprar um PS4 ou um Nintendo Switch? Confira nosso artigo com os prós e contras de ambos e faça sua escolha consciente!

Atenção! Não recomendamos o manuseio do console caso você não tenha experiência. As peças internas são sensíveis e podem ser danificadas no processo, levando a novos problemas. Vale lembrar que o rompimento do lacre, independentemente do tempo, anula a garantia do aparelho. Na dúvida, procure ajuda especializada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *