Comparativo entre Nintendo Switch, Lite e OLED: veja as diferenças entre os Switchs e escolha o melhor para você

diferença entre nintendo switch

Se você está confuso sobre qual modelo de Nintendo Switch vai adquirir, não deixe de conferir este comparativo

 

Desde seu lançamento em 2017, o famoso console portátil Nintendo Switch tem se mostrado um enorme sucesso. As vendas chegam a 85 milhões apenas quatro anos depois e a gigante japonesa dos jogos domina as maratonas de muitos gamers ao redor do mundo. A popularidade é tanta que se tornou comum encontrarmos falsificações do dispositivo.

 

Com o passar do tempo, a família de modelos do Switch cresceu. Além da versão original clássica, a Nintendo lançou a variante Lite e, mais recentemente, a OLED — que ainda está para chegar às lojas brasileiras. Em meio a essas três opções com características e preços diferentes, muitos se perguntam qual a hora de trocar de geração e quais seriam os motivos para fazê-lo.

 

Como é de se esperar, cada modelo busca atender melhor às necessidades de diferentes tipos de jogador. A seguir você confere um comparativo entre os consoles Nintendo Switch, Nintendo Switch Lite e Nintendo Switch OLED para ajudá-lo(a) a separá-los mais claramente e descobrir qual é o certo para você.

 

NOVO NINTENDO SWITCH X NINTENDO SWITCH ORIGINAL

 

Antes de mais nada, vale pontuar que a Nintendo lançou um “novo” modelo de Switch em 2019, mas o original ainda é vendido em alguns lugares. Foi uma atualização do modelo antigo, ao invés de um Nintendo Switch Pro completo.

 

O modelo padrão mais recente tem melhor duração da bateria, cerca de duas horas extras. Ele também tem um novo processador, embora seja mais para melhorar o consumo de energia do que melhorar o desempenho.

 

Ainda muito chamado de Nintendo Switch, o “novo” está amplamente disponível nas lojas pelo mesmo preço do que foi lançado em 2017. Dessa forma, vamos utilizá-lo como padrão para se referir ao Nintendo Switch original.

 

DESIGN E CORES

 

O Nintendo Switch OLED e o Switch original possuem tamanho e formato idênticos, enquanto o Switch Lite foca em portabilidade — ele é menor em dimensões, tela e peso. 

 

Enquanto o Switch OLED e o convencional têm o corpo composto por plástico preto, só os Joy-Cons têm variação de cores: azul, vermelho, amarelo, cinza, verde, rosa e marrom (este último só quando comprado o modelo Nintendo Switch Pikachu & Eevee Edition).

 

No Nintendo Switch Lite, cujo corpo é 100% feito em plástico, a parte externa é composta por uma única cor, com três opções apenas: cinza, turquesa ou amarelo.

TELA E MODOS DE JOGO

 O Nintendo Switch OLED é idêntico em muitos aspectos ao Switch, incluindo tamanho e formato, mas possui uma tela OLED de 7 polegadas de 720p, enquanto o Switch original apresenta uma tela LCD de 6,2 polegadas de 720p.

 

O OLED, portanto, fornece um ângulo de visão mais amplo, cores mais marcantes e maior contraste. Além disso, como não há luz de fundo (os pixels OLED são auto-iluminados), a moldura é menor. Isso permite que a tela maior se ajuste às mesmas dimensões da versão padrão.

 

Tanto o modelo Switch original quanto o OLED podem funcionar como uma tela portátil, com um pequeno suporte que permite colocá-las em um ângulo em uma mesa. Também funcionam como um console de TV, quando encaixados em um dock de carregamento incluso. Eles possuem saída HDMI — e portas USB — para que você possa jogar os mesmos jogos em uma TV em 1080p. Tanto a tela quanto a saída de TV são capazes de até 60 fps.

 

Já o Nintendo Switch Lite é um pouco diferente de seus companheiros maiores. Ele não vem com controladores Joy-Con removíveis ou dock; também não pode ser conectado a uma TV. Em vez disso, é mais leve, como o nome sugere, e ainda mais portátil. 

 

Os controles do Nintendo Switch Lite são integrados ao dispositivo e a tela é mais compacta. Ele tem uma tela de toque LCD 720p de 5,5 polegadas que é capaz de rodar jogos de até 60fps.

 

BATERIA

 

Em termos de bateria, a diferença também é imperceptível entre os modelos Switch original e OLED. Ambos garantem até 9 horas de vida útil. A título de comparação, o modelo Nintendo Switch padrão de 2017 entregaria até 7 horas de vida útil. Já o modelo Switch Lite, como é de se esperar, oferece justamente essa capacidade: até 7 horas de jogatina.

 

JOY-CONS

 

Quando falamos dos Joy-Cons, há uma pequena diferença entre os encontrados no modelo Switch original e OLED. Embora os controles sejam essencialmente iguais, existe um suporte significativamente maior na parte traseira da unidade de exibição do OLED para tornar a ação de dois jogadores mais estável quando o console é usado em uma mesa.

 

Os Joy-Cons removíveis podem ser usados quando presos em qualquer lado da tela, para jogos portáteis solo, como controladores separados para dois jogadores ou mais, ou como controladores de movimento para certos jogos em ambos os modelos.

 

O Nintendo Switch Lite, no entanto, não possui Joy-Cons. Cumprindo seu papel de modelo portátil, o dispositivo tem controles (botões) embutidos em seu próprio corpo.

 

DESEMPENHO E ARMAZENAMENTO

 

O processamento, a RAM e o resto das especificações internas são idênticos entre os três modelos, mas no caso do OLED você obtém o dobro do armazenamento interno: 64 GB. Provavelmente ainda não é suficiente para a maioria, que vai querer adicionar um cartão microSD Switch, mas pode caber mais jogos nativamente.

 

O dock incluído no OLED também foi ligeiramente remodelado, com uma borda mais curvilínea e uma nova porta LAN para aqueles que preferem se conectar ao seu roteador de internet por cabo.

 

Tanto o Nintendo Switch original quanto o Switch Lite possuem 32 GB de armazenamento interno, o que significa que você provavelmente precisará comprar um microSD separadamente. Os jogos podem ser baixados ou plugados em um slot de cartucho na parte superior.

 

Vale destacar que o Switch Lite possui a mesma unidade de processamento dos outros dois modelos maiores, mas já que você não tem controladores de movimento removíveis, a jogatina de alguns títulos deixará a desejar. Há um sensor de movimento dentro do Switch Lite, então alguns funcionam, mas não todos.

 

VARIEDADE DE JOGOS

 

Independentemente do modelo de Nintendo Switch, você poderá jogar a grande maioria, senão todos, dos jogos Switch atuais ou futuros. A única ressalva é que, como um console portátil, o Switch Lite não é capaz de rodar jogos projetados para movimento usando Joy-Cons individuais. Os outros dois consoles podem jogar todos os jogos Switch, sem exceção.

 

Os modelos Nintendo Switch e Switch OLED são capazes de rodar nos modos portátil e TV. Você também pode usar qualquer um para jogar jogos multijogador usando o suporte de mesa de sua respectiva tela e cada Joy-Con removível como um controlador individual.

 

CONSIDERAÇÕES FINAIS

 

Essencialmente, a versão original do Nintendo Switch ainda é ótima para aqueles que querem jogar em casa e fora dela também. O modelo OLED é o melhor console em geral — particularmente se você o usar muito no modo portátil — mas, com o Switch padrão agora chegando a um preço menor, esta continua a ser uma opção muito viável.

 

Essencialmente, o Switch Lite é a opção ideal para quem não precisa conectar seu dispositivo a uma TV e quer apenas algo menor e mais fácil de colocar em uma bolsa.

Portanto, a decisão final deve levar em consideração as intenções de uso e o orçamento disponível para a aquisição. De modo geral, os três modelos oferecerão boas experiências de jogo — não é à toa que o Nintendo Switch é tão querido pelos gamers.

 

NOS SIGA TAMBÉM NO INSTAGRAM E FACEBOOK!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×

Fale com a MECA pelo WhatsApp!

× Como podemos te ajudar?